(11) 3637-9900 | (11) 94775-9866
 

Psicoterapia Breve

NEURO AVALIAÇÃO:
Psicoterapia Breve

Estamos vivendo uma das maiores ameaças aparentes e registradas na história da humanidade. No fundo somos frágeis fisicamente. Um momento de incertezas e necessidade de “enfrentamento consciente”.Com atenção aos fatos inevitáveis e que atingem a nossa mente, em especial os nossos pensamentos, sentimentos e comportamentos, e ao aporte emocional, nosso cérebro encontra-se em estado de alerta e sobrecarga: nós nos desorganizamos, ficamos mais ansiosos, impacientes, irritáveis, dormimos menos ou demais, somos menos efetivos e até depressivos; passando a ter dificuldades de voltar à “vida antiga”, que não fará mais parte da nossa realidade, portanto necessitamos nos adaptar e evoluir. Manter a mente sadia em tempos de pandemia nos parece ser a chave para a “imunidade” e nos preocupando em oferecer apoio psicológico, informações para a prevenção da saúde mental e algumas “ferramentas psicoterápicas”, a Clínica NeuroAvaliação passa a prestar um serviço intitulado “Psicoterapia Breve em Tempos de Pandemia”.


Como funciona este modelo de psicoterapia breve em tempos de pandemia?

O nosso modelo de intervenção breve engloba 04 sessões de psicoterapia “on-line” via alguma plataforma digital (à escolha do paciente) ou vídeo chamada (WhatsApp/Face Time), uma vez por semana, em horário pré-determinado, por 04 semanas consecutivas. A proposta não é o desenvolvimento de um processo de psicoterapia, o que incluiria mais sessões, e até mesmo um tempo mais prolongado de tratamento. O nossa proposta é “quase um breve curso”, com características psicoeducacionais e de apresentação de recursos, objetivando a qualidade de vida e a saúde psíquica nestes tempos de pandemia; no qual o psicoterapeuta lhe dará espaço para se expressar, mas a diretriz será determinada pelo mesmo a fim do cumprimento desta proposta ao seu bem-estar.

Como é a estrutura da proposta de psicoterapia breve?

A proposta é realizada em 4 sessões

SESSÃO 1 (entrevista semi-dirigida):
-mini-entrevista (questionário)
-aplicação de instrumentos que rastreiam sintomas de ansiedade e depressão

SESSÃO 2:
-apresentação sobre a postura de “enfrentamento consciente”
-orientações sobre saúde mental para o enfrentamento da situação pandêmica pela (CORONAVÍRUS)
-apresentação e discussão dos resultados dos instrumentos que rastrearam sintomas de ansiedade e depressão

SESSÃO 3:
-averiguação do “enfrentamento consciente”: discussão sobre a postura de enfrentamento desenvolvida na última semana
-psicoeducação: trabalhando a conscientização dos pensamentos, sentimentos (emoções) e os comportamentos neste momento pelo qual todos nós passamos
-técnica de relaxamento e conscientização corporal: objetivando uma maior tranquilização, autocontrole e bem-estar mental.

SESSÃO 4:
-psicoeducação: relação entre os pensamentos, sentimentos (emoções) e os comportamentos percebidos.
-técnica de respiração (meditação): objetivando uma maior tranquilização, autocontrole e bem-estar mental.
-técnica de Homeostase Quântica Informacional (HQI): trata-se de um método para tratamento físico e emocional baseado na Física Quântica e desenvolvido por Sérgio Ceccato, adaptado à situação de pandemia.
-orientações finais.

Por que fazer psicoterapia?

Esta proposta de psicoterapia com enfoque breve voltada aos tempos de pandemia é indicada para adolescentes a partir de 15 anos ou adultos em qualquer faixa etária. Esta nova situação psicossocial de ameaça à vida e a condição de subsistência, somada as restrições de liberdade, esta causando um desequilíbrio mental e muitas dificuldades adaptativas. As pessoas não estão apenas vulneráveis a um vírus, se encontram em estado de estresse e fragilizadas emocionalmente, sendo que a maioria não está percebendo isso. Este é um momento crucial para se cuidar da saúde mental e a psicoterapia é uma ferramenta de apoio psicológico, estruturação e transformação.

Realizar um breve processo de psicoterapia, além de reduzir o investimento financeiro que em geral é alto em processos de intervenção psicológica, tem um caráter protetivo e preventivo à saúde mental, e, consequentemente, à saúde física, fortalecendo o sistema imunológico e estabelecendo melhores condições ao equilíbrio mente-corpo, objetivando a possibilidade de uma “reprogramação” em nosso modo de vida através de um “enfrentamento consciente”, que se torna fundamental no presente momento, em prol da qualidade de vida.